Aqui batem 5 mil corações!

 

Empresa
O grupo AdP tem por missão conceber, construir, explorar e gerir sistemas de abastecimento de água, de saneamento de águas residuais e de tratamento e valorização de resíduos, num quadro de sustentabilidade económica, financeira, técnica, social e ambiental, desenvolvendo um grupo empresarial português forte e de elevada competência, capaz de responder, com eficácia, aos grandes desafios que atualmente se colocam no sector do ambiente.

O Grupo integra 19 sociedades gestoras de sistemas de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais, a EPAL, 11 empresas gestoras de sistemas de tratamento e valorização de resíduos sólidos urbanos, uma empresa dedicada ao desenvolvimento de projetos de energias renováveis e outras integradas numa unidade de serviços partilhados.

 

Enquadramento
No quadro da sua estratégia integrada de sustentabilidade empresarial, o grupo Águas de Portugal envolveu os seus cerca de 5 mil colaboradores no apoio a uma causa comum que permitiu apoiar os atletas da Seleção Portuguesa de Natação Adaptada na sua preparação para os Jogos Paralímpicos de 2012, que se realizaram de 29 de agosto a 9 de setembro, em Londres.

Entre 2009 e 2011, por cada cartão eletrónico de Natal enviado pelos colaboradores, foi entregue à Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência (FPDD) um donativo de 50 cêntimos.

 

Atividades
“As nossas estrelas” foi a designação escolhida para a campanha interna concebida no quadro da estratégia integrada de sustentabilidade empresarial do grupo AdP e que, ao mobilizar os cerca de cinco mil colaboradores das empresas do Grupo em todo o País, permitiu angariar um total superior a 92 mil euros.

Uma verba canalizada para a participação dos atletas nos diversos eventos desportivos preparatórios dos Jogos de Londres, de âmbito nacional e internacional, nomeadamente a realização de estágios de altitude.

Através da participação em diversos campeonatos e ações preparatórias, os atletas puderam trabalhar para a melhoria dos tempos pessoais, quebra de vários recordes nacionais e títulos de campeões nacionais, alcance de mínimos de apuramento, tendo culminado com a qualificação de 4 atletas (Adriano Nascimento, David Grachat, João Martins e Simone Fragoso) para os Jogos Paralímpicos de Londres 2012.

Por outro lado, o apoio do grupo AdP permitiu também à Federação atuar numa área fundamental ao desenvolvimento e sucesso da prática desportiva das pessoas com deficiência que é a da captação de novos talentos, tendo sido possível a entrada de novos atletas para a Seleção Nacional de Natação Adaptada.

Para Afonso Lobato de Faria, Presidente da Águas de Portugal, o projeto “As nossas estrelas” é “à semelhança da Seleção Nacional de Natação Adaptada um projeto vencedor. É ambientalmente vencedor porque os milhares de cartões eletrónicos de boas festas que foram enviados durante estes três anos, em substituição dos tradicionais cartões em papel, traduziram-se numa poupança significativa de papel e numa diminuição das respetivas emissões de dióxido de carbono. Economicamente vencedor porque permitiu reduzir custos associados à produção de postais, envelopes e selos que seriam usados nos envios de postais em papel. E é socialmente vencedor por ter mobilizado todas as empresas e colaboradores do grupo Águas de Portugal para um objetivo comum, que permitiu angariar mais de 92 mil euros nestes três anos”.

O projeto nasceu em 2009, altura em que era já prática comum no Grupo o envio de cartões de Natal eletrónicos, como forma de reduzir o consumo de papel e de tinta, bem como diminuir os custos associados às atividades de envio dos cartões de Natal, procurando fazer uma utilização racional das matérias-primas e também sensibilizando os interlocutores para as questões ambientais.

Considerando os objetivos de responsabilidade social do grupo Águas de Portugal, designadamente na componente da promoção da inclusão social, decidiu-se, no âmbito das atividades relacionadas com a época natalícia de 2009, enriquecer o projeto dos cartões eletrónicos com uma dimensão social, respondendo positivamente à solicitação feita pela FPDD no sentido de apoiar os atletas da Seleção Nacional de Natação Adaptada na sua preparação com vista ao apuramento para os Jogos Paralímpicos Londres 2012.

Os critérios de escolha assentaram no facto de se tratar de um projeto de abrangência nacional, passível de ser partilhado por todas as empresas do Grupo, e capaz de promover a inclusão social através de uma prática desportiva intrinsecamente relacionada com a água, um dos elementos centrais da atividade do grupo AdP.

 

Resultados
A entrega do donativo relativo à campanha do Natal de 2011 à Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência realizou-se no passado mês de maio, numa cerimónia presidida pela Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, e que contou com a presença dos Secretários de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Marco António Costa, e do Desporto e da Juventude, Alexandre Mestre.

Também presentes estiveram os atletas da Seleção Portuguesa de Natação Adaptada, o Presidente da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, José Pavoeiro, e o Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Humberto Santos.

Na ocasião, Assunção Cristas, realçou que o projeto “As nossas estrelas” sinaliza “a mudança em que o mundo empresarial se pode posicionar. Uma mudança em que as empresas, como é exemplo a AdP, têm uma visão mais alargada do mundo que as rodeia, que vai para além da sua atividade principal. Felicito por isso quem teve a ideia, quem a dinamizou e montou as peças para que três anos depois estejamos aqui a celebrar os resultados”.

Feito o balanço dos três anos do projeto “As nossas estrelas” é com grande satisfação que se conclui que foi crescente o envolvimento dos mais de 5 mil colaboradores do grupo AdP, que se deixaram conquistar por esta causa comum, manifestado não apenas na adesão aos envios dos postais de Natal, mas sobretudo num sentimento de amizade e orgulho que foi crescendo pelos atletas paralímpicos da Seleção Nacional de Natação Adaptada.

Nos meses que antecederam os Jogos de Londres, foi evidente a claque de apoio que espontaneamente se começava a formar de norte a sul do País, e que deu origem a uma iniciativa de recolha de mensagens de incentivo da autoria dos colaboradores do Grupo, registadas através de fotografias captadas pelos próprios nas empresas e compiladas num vídeo que surpreendeu as “nossas estrelas” no Aeroporto da Portela, em Lisboa, antes da partida para os International German Swimming Championships for the Disabled 2012, uma prova preparatória aos Jogos de Londres que decorreu no final da junho na Alemanha.


home